Futebol Total: Jornais estrangeiros se rendem às atuações de Neymar e Ronaldinho


Dois gols de santista em derrota no Brasileiro são exaltados em veículos do Velho Continente. Ronaldinho Gaúcho, autor de três, também é destaque

O espetacular duelo entre Santos e Flamengo nesta quarta-feira, que terminou com a emocionante vitória rubro-negra por 5 a 4 na Vila Belmiro, teve repercussão imediata na Europa. Muito mais até do que a alucinante partida, o que mereceu destaque foram os dois gols marcados por Neymar, principalmente o primeiro, uma perfeita combinação de velocidade, técnica, improviso e, segundo os periódicos espanhóis, magia. Além do “hat-trick” do camisa 10 rubro-negro, Ronaldinho Gaúcho.
O “Marca” estampa em sua manchete: “O Mago Neymar”. Além disso, diz que o garoto é “matador”. O diário madrileno frisa que o primeiro tento “será lembrado por muito tempo” e foi assinalado após “uma jogada antológica” do craque. O tablóide destaca também a atuação memorável de Ronaldinho, autor de três gols, que já defendeu o Barcelona no país e a quem carinhosamente chama de “Dinho”. O jornal também lembra o meia Elano, que perdeu um pênalti.
Já o “AS” abre a edição desta quinta com “Neymar deslumbra com dois golaços”. A matéria registra a vitória do Fla, liderado por Ronaldinho, mas ressalta o atacante do Santos, “autor de duas obras de arte”.
jornais repercusão flamengo santos (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)
O diário catalão “Mundo Deportivo” publicou uma foto de comemoração do camisa 10 do Flamengo e afirmou que “Ronaldinho venceu o duelo contra Neymar”. O periódico classificou o jogo como um “incrível 5 a 4”, e também deu atenção à defesa do goleiro Felipe na penalidade de cavadinha de Elano, e à comemoração inusitada do arqueiro rubro-negro, que saiu batendo embaixadinhas. Também de Barcelona, o “Sport” postou os gols do jogo em vídeo e afirmou “Ronaldinho e Neymar se desafiam com golaços”.

Em Portugal, o periódico “A Bola” disse que “Flamengo venceu (5 a 4) o Santos em um jogo eletrizante”, com uma foto do Gaúcho com os braços levantados. Apesar de ter tido pouco tempo para mostrar seu futebol, o atacante santista Alan Kardec, também ganhou destaque, já que defendeu o Benfica na última temporada. O “Record” apelidou a partida de “Jogo de loucos na Vila Belmiro”. Na Argentina, o “Olé” chamou o duelo de “Show de futebol”.

Na Itália, o “Gazzetta dello Sport” destacou o “hat-trick” de Ronaldinho contra o Santos. Na Inglaterra e na Rússia, os jornais não citaram o eletrizante duelo pelo Campeonato Brasileiro. Mas o site oficial da Fifa também falou sobre o confronto, com o título “Melhor do que a expectativa”, dando atenção às atuações de Gaúcho, Neymar, o pênalti perdido de Elano, e os gols de Borges, Deivid e Thiago Neves.


Santos quer homenagear Neymar com placa pelo golaço contra o Fla

O Santos pretende conceder a Neymar uma placa pelo golaço que o craque marcou na derrota por 5 a 4 para o Flamengo, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 12 ª rodada do Brasileirão. Foi o terceiro gol santista (e o primeiro do astro no jogo, que fez dois) – assista ao lance no vídeo ao lado.
O presidente do Peixe, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, vai levar a ideia à diretoria. Se for aprovada, o clube fará uma solenidade para homenagear o camisa 11. Para Luis Alvaro, foi um lance mágico. O dirigente comparou Neymar a um ilusionista. Por isso, acredita que uma placa é merecida.
– Foi como um mágico de Las Vegas que faz o elefante subir. Só vi algo parecido com Pelé – comentou, empolgado, o mandatário santista.
Neymar ainda marcou um outro gol na partida, o quarto do Peixe, também numa bela jogada, mas reconhece que o primeiro foi mesmo um gol histórico. Ele até brincou quando lhe perguntaram se seria um gol típico de videogame, já que o jogador adota jogar futebol virtual.
– Olha, foi bem mais difícil que no videogame, pois no campo eu sinto as pancadas.

No duelo da genialidade, R10 vence Neymar por um ‘detalhe’: o gol a mais

Antes de entrar para a lista dos jogos inesquecíveis do Brasileirão – com direito a verbete na Futpédia – o confronto de quarta-feira já se desenhava memorável. Neymar e Ronaldinho duelariam pela primeira vez. O santista voltava de uma Copa América frustrada. Precisava mostrar serviço, assim como o rubro-negro, criticado por ter forçado cartão amarelo contra o Palmeiras. Os dois cumpriram à risca o papel de estrela. O experiente viveu momentos que lembraram os tempos de menino. O craque da Vila provou que já é peixe grande. Os números mostram o equilíbrio do encontro, que no fim teve leve vantagem para o camisa 10 da Gávea:  fez um gol a mais e decidiu o jogo histórico.
Houve “empate técnico” em quase todos os quesitos. Neymar finalizou seis vezes, contra cinco de Ronaldinho. O santista acertou 28 passes, um a mais que o rubro-negro. Neymar errou quatro passes. Ronaldinho, seis. O dentuço recebeu mais faltas (4 a 3) e desta vez passou em branco nos cartões – Neymar foi punido por falta em Willians.
Veja os números do duelo:

info comparativo neymar ronaldinho gaúcho (Foto: ArteEsporte)

O que os números não mostram é a alternância de bons momentos. Neymar começou melhor. Muito melhor. Caído, foi mais rápido que Welinton e participou do segundo gol de Borges. Em seguida, com dez toques na bola, driblou até a sombra e só parou para comemorar o golaço.
Do outro lado, até então, Ronaldinho tinha dois chutes, ambos defendidos por Rafael (veja o vídeo com lances do rubro-megro). O camisa 10 não teve uma arrancada como a de Neymar, mas começou a virar o cenário depois do 3 a 0. Estava na pequena área para conferir a falha de Rafael no primeiro gol. Mais tarde, cobrou o escanteio para Deivid empatar o jogo e o duelo particular das estrelas: 1 a 1 em gols e assistências.
No segundo tempo, Neymar seguiu infernizando a defesa rubro-negra. David Braz e Leonardo Moura sofreram. O santista fez mais um gol e teve ainda outras duas chances. Só diminuiu o ritmo quando Willians encaixou a marcação. No fim, deu sinais de cansaço. Com menos movimentação, Ronaldinho teve fôlego para desequilibrar no fim. Depois de dribles curtos, sofreu falta na entrada da área e cobrou com técnica e inteligência. Na subjetividade da bola, um toque por baixo da barreira valeu para os rubro-negros como os dribles de Neymar: 1 a 1 em golaços.
No fim, Ronaldinho consegiu acompanhar contra-ataque puxado por Deivid e Thiago Neves. Chegou inteiro na bola e marcou o terceiro, recebendo elogios do rival na saída de campo.
– Demos muito espaço para o Ronaldinho. É gênio, um craque. Jogou muito e resolveu o jogo para o Flamengo – resumiu Neymar.
– Os números estão mostrando isso. Desde que cheguei, sofremos apenas uma derrota. Estou brigando pela artilharia, e a equipe está entre as quatro primeiras. O importante é que eu estou bem com a torcida, e a torcida está bem comigo – comentou R10, autor de oito gols no Brasileiro.

Semana que vem voltamos com mais notícias do mundo do esporte!

Publicado em 28 de julho de 2011, em Futebol Total. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: