Arquivo mensal: agosto 2011

Lie To Me – 3ª temp – Episodio 03!

Anúncios

Chaves – O Mistério dos Pratos que Desaparecem – Parte 1

Padre se converte e leva Pastor para pregar em missa da Igreja Católica

O Pr. Fabiano Nicodemo (à direita na foto ao lado), missionário em Cesena/Itália, pede aos irmãos em Cristo que orem pelo ex-padre Luca De Pero (na foto com o pastor). Ele foi afastado esta semana pela Igreja Católica de suas funções em uma igreja próxima a Cesena, na região Centro-Norte da Itália, sob a acusação de heresia por ter se convertido ao Evangelho e pregado e distribuído bíblias. Ele também foi reprimido por ter levado o pastor para pregar em sua igreja durante a chamada Sexta-Feira Santa.

O ex-padre celebrará sua última missa neste domingo (28). “Ore para que Deus dê-lhe ousadia para falar de seu amor por Jesus e sobre o real motivo de ter sido afastado da igreja; não por questões de saúde como foi alegado. Interceda também por seu futuro e o apoio como possível obreiro da terra dos batistas brasileiros aqui em Cesena”, pede o pastor.

Luca De Pero se converteu em 2010 e, desde então, tem sido discipulado semanalmente pelo Pr. Nicodemo. Seus testemunhos foram responsáveis pela conversão de vários outros católicos.

O Projeto “Tu Me Amas?” teve no ex-padre seu primeiro fruto entre os catequistas.

Ore para que o ex-padre seja fortalecido pelo Senhor e continue levando a verdadeira Palavra de salvação aos italianos.

Fonte: JMM e Gospel Prime

Pastor responde aos deboches de Lanna Holder contra igrejas evangélicas: Nós pregamos contra o pecado, não contra sabonete

O pastor Lourival Almeida resolveu responder aos deboches de Lanna Holder que durante uma pregação na igreja inclusiva Cidade Refúgio falou contra os usos e costumes das igrejas Assembleia de Deus e Deus é Amor.

Lourival é pastor da IPDA e genro do fundador, David Miranda, e na resposta falou em nome não só da denominação que pertence como também em nome dos assembleiano que se sentiram ofendidos pelas palavras da missionária.

“Tem igreja que não serve pra nada a não ser para criar confusão”, disse o pastor durante um culto de terça-feira, 16, que foi transmitido pela rádio da IPDA.

Ele questiona os presentes sobre o porquê que falam que na Deus é Amor não pode tomar banho com sabonete. “Eu simplesmente acho que por alguma razão algumas pessoas não gostam que as pessoas venham na Deus é Amor porque se vierem vão gostar”, disse ele que também chamou a atenção para o fato das pessoas “que parecem ser povo de Deus” que ficam atacando o povo de Deus.

“Aqui na nossa igreja a gente prega contra o pecado, a gente não prega contra o sabonete”, respondeu o pastor que resolveu contar sobre a vida da missionária, dizendo que por muito tempo ela “enganou” os assembleianos.

Lourival também resolveu se pronunciar sobre o homossexualismo, dizendo que a homofobia sempre foi crime, mas que na Deus é Amor não é a favor da violência contra ninguém, e foi enfático ao dizer não haverá um culto só para os gays. “Aqui na igreja Deus é amor nunca vai ter isso [culto gay]“.

“Se biblicamente nós entendemos que uma coisa é pecado, não significa que ela seja crime”, disse o genro de David Miranda que exemplificou falando sobre a traição que deixou de ser crime no Brasil.

“Nós não temos do que nos envergonhar, se você não usava sabonete porque a mulher lésbica falou, pode usar”, disse o pastor encerrando o assunto.

Líder mórmon afirma que furacão que matou 35 pessoas nos Estados Unidos foi “uma benção de Deus”

O líder mórmon Glenn Beck (foto) disse em seu programa de rádio na sexta-feira (26) que o furacão Irene previsto para atingir Nova Iorque nas próximas horas era “uma bênção de Deus”. Isto porque, explicou, as pessoas ficariam incentivadas a estocar alimentos, preparando-se para enfrentar desastres naturais.
Ele também afirmou que o terremoto que abalou a costa leste dos Estados Unidos no dia 23 já tinha sido, nesse sentido, um alerta de Deus aos americanos.
Antes dessa afirmação de Beck, o rabino Yehuda Levin, de Nova Iorque, afirmara em um vídeo que o terremoto foi um castigo de Deus pelo fato de o casamento de homossexuais ter sido legalizado em alguns Estados.
No programa de rádio, Beck disse: “Quantas advertências [de Deus] você acha que vai obter? Quantos avisos você acha que merece? Este furacão que se aproxima confirma o que eu sempre digo para que armazene comida, para que esteja preparado”.
Os mórmons surgiram no início do século 19 nos Estados Unidos reunidos na seita Santos dos Últimos Dias, nome que passou a ser Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.
Por orientação do seu fundador Joseph Smith (1805-1844) — na verdade, ele foi o restaurador do movimento religioso Mormonismo –, cada fiel estoca comida que dê para alimentar a sua família por pelo menos por um ano, em caso de desastre natural.
Para eles, na segunda vinda de Jesus – que será em Jackson County, Missouri, Estados Unidos –, os mórmons mortos vão ressuscitar para se unir no céu com os vivos. Quem não for da igreja, irá para o inferno.
Na tarde de hoje (28, domingo), as informações sobre o furacão Irene são de que ele perdeu força, mas deixou um rastro de destruição com mais de 15 mortos.
Fonte: Paulopes

Deus e Jesus são a mesma pessoa? Justin Bieber agradece a ambos em premiação secular e causa grande debate

Em seu discurso de aceitação do prêmio de “Melhor Vídeo Masculino” nos MTV Video Music Awards na noite passada, Justin Bieber expressou sua gratidão “não apenas a Deus, mas também a Jesus”, o que provocou um debate no Twitter sobre a diferença entre os dois.

Alguns tweeters ficaram zangados com Bieber por causa do que eles consideraram ter sido um discernimento incorreto entre os dois. @zaccbible tweetou, “Bieber falhou. Deus e Jesus são o mesmo. Apenas um deles está na Terra …. #celebridades falham”.
@edemfo se queixou de que, “Bieber não sabe a diferença entre Deus e Jesus…”

E @teganaudrey considerou a declaração de Bieber “um momento constrangedor quando biebs agradece a Jesus e a Deus, e eles são a mesma pessoa …”

A disputa teológica do Twitter fez com que outros se intrometessem para discernir entre Jesus e Deus.

FuzzyRobson respondeu a @teganaudrey dizendo, “momento constrangedor para você querida. Jesus e Deus Não são nada a mesma pessoa. Você não estava prestando atenção na escola?”

E @ilovelillipop_ tuitou “Eu estava simplesmente a ler alguns tweets sobre Deus e Jesus e percebi que algumas pessoas pensam que Deus e Jesus são a mesma coisa. Estou chocada”.

Incidindo sobre o que estava na raiz do debate, que é a crença de que Jesus e Deus são parte de uma trindade que inclui o Espírito Santo e co-existem como um só, @boywithredwings adotou uma abordagem mais séria ao debate do Twitter quando ele disse, “Ao agradecer “a Deus e a Jesus”, sinalizando que Nazareno e Divindade não são contérminos, Justin Bieber anuncia a era pós-cristã. #VMAs”.

O comediante @normmcdonald também participou do debate sobre a Santíssima Trindade, tuitando: “Em seu discurso de aceitação nos VMA, Justin Bieber agradeceu a Deus e também a Jesus. Isso é maneira de deixar de fora do Espírito Santo, Infiel”.

Qualquer que seja a crença que uma pessoa tem sobre a diferença entre Deus e Jesus, a parte mais interessante deste debate teológico no Twitter pode ser o fato de que ele foi desencadeado a partir de um discurso de aceitação de 20 segundos de uma estrela pop de 17 anos.

@antheaButler resumiu o tópico da moda de forma muito sucinta, quando ela tuitou, “Acordar e descobrir que Justin #Bieber iniciou uma conversa teológica sobre #Deus e #Jesus é como, uau”.

Fonte: The Christian Post

Cantora evangélica abandona a música gospel porque estaria sendo julgada pela igreja por não cantar só sobre Deus

A cantora norte-americana Shei Atkins já concorreu ao Grammy na categoria gospel music. Agora, anunciou que está abandonando o gênero e passará a ser conhecida como cantora de Rythm & Blues [R & B], categoria popular de músicos negros. Segundo ela, a razão dessa mudança é que a igreja é muito crítica e não entende a sua música.
Atkins está se preparando para lançar seu novo projeto, Emotional. Ela anunciou que o novo disco marca seu afastamento do mercado gospel.
“Uma coisa ruim da comunidade cristã é que existe uma mentalidade religiosa demais e julgam a todos. Isso nos impede de simplesmente amar as pessoas e cantar nossa música”, declarou recentemente ao site musical DaSouth.com.
“Não posso cantar sobre a vida, o amor ou relacionamentos por causa do rótulo de gospel. Não é porque eu não quero. É por causa da mentalidade estreita que muitos cristãos têm sobre a música.”
Atkins é natural de Houston, Texas, e já lançou três discos de música gospel. Três anos após seu último álbum, ela agora está se preparando para recomeçar sua carreira. Para ela, esse tempo foi importante para “orar e redefinir meus propósitos”.
Embora tenha ficado conhecida por canções como “He Can Fix It” e “Lord I Love You”, teve muita rejeição nas rádios por conta de “Temptation”, onde descreve a situação de uma mulher quase cedendo ao pecado sexual. Parte da letra dizia “meu corpo diz que sim, mas o Senhor disse que não”.

A cantora reconheceu que sua música não seguia o estilo “gospel tradicional”. ”A única coisa que incomodava é que, quando algumas pessoas ouviram músicas que não usavam o nome de Deus, diziam ‘isso não é gospel’ e o julgamento começou”, escreveu ela.

Para Atkins o mais importante ”não é o gênero musical”. Seu objetivo é simplesmente “ajudar as pessoas através da música”. Depois de um primeiro ano de casamento difícil – que quase acabou em divórcio – ela queria fazer músicas que falassem sobre relacionamentos.

“Faço músicas para ajudar a incutir amor, honestidade, fidelidade e comunicação de volta às relações”, explica.

Sua vida nunca foi fácil e a artista tentou ser transparente e “falar a verdade” em suas canções, relatando as dores, lutas e triunfos que experimentou. E suas canções têm impactado em especial os adolescentes.

“Eu lido com vida, amor e relacionamentos. Eu não posso falar por ninguém, mas esse é o meu apelo “, disse ela. ”As pessoas precisam do que Deus colocou dentro de mim. Você sabia que cerca de 50% dos casamentos cristãos terminam em divórcio? No entanto, eu era julgada por cantar músicas que falavam da vida dessas pessoas. Isso me machuca muito.” Sentindo-se limitada e julgada, tomou a decisão de sair do mercado gospel.

“Fazer R & B permite-me fazer apenas a música que Deus colocou em mim. Posso ser livre, sem limitar sobre o que posso e o que eu não posso falar. ”

Atkins já gravou com cantores de soul e rap como Kelly Rowland, Lil Flip, Paul Wall e Chamillionaire, bem como os artistas gospel Mary J. Blige, Mary Maria e Kirk Franklin.

Um toque de Deus para o seu coração

Ratinho e SBT são condenados a indenizar pastor de igreja gay por chama-lo de “viado”

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a condenação do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, e do SBT ao pagamento de indenização por dano moral no valor de R$ 150 mil. A quantia deverá ser paga a Victor Ricardo Soto Orellana, pastor e fundador da Igreja Acalanto — Ministério Outras Ovelhas. A congregação é frequentada, entre outras pessoas, por homossexuais e foi vítima de chacota e tratamento chulo e depreciativo pelo apresentador do programa do SBT.
A decisão é da 4ª Câmara de Direito Privado. Ao se manifestar sobre o valor da condenação, os desembargadores entenderam que ele não merecia reparos diante do poder econômico dos réus e para servir a sua finalidade punitiva, reparadora e educativa. De acordo com o relator do recurso, desembargador Fábio Quadros, é inegável o exercício abusivo da liberdade de informação praticada pelo SBT e pelo apresentador Carlos Massa.
O desembargador Fábio Quadros esclareceu que não foi a referência genérica à homossexualidade dos membros e fiéis da Igreja Acalanto ou mesmo o tratamento de “gays” que caracterizaram a ofensa. Até porque, segundo o relator, o termo designativo de preferência sexual é usado regularmente pelo pastor e pelos fiéis.
“O que se caracterizou como ilícito foi o escárnio, o teor depreciativo da matéria que se referiu nominalmente ao autor, afastando-se os réus [Ratinho e SBT] do verdadeiro propósito de bem informar”, destacou o desembargador Fábio Quadros.
O apresentador, ao divulgar imagens feitas com câmera escondida, mostrando o culto, nos dias 2 e 5 de maio de 2003, disse que a igreja era para gays, homossexuais e fez diversos comentários “jocosos” sobre os frequentadores e o local. Ratinho disse que a igreja era de “viadinhos”, de “viados” e quando se referiu a outras sedes da congregação afirmou que não tinha filial, mas “viadal”.
A emissora e o apresentador alegaram que houve apenas a exibição das imagens da igreja, que está em local público. O apresentador também argumentou que agiu no exercício de sua profissão, que não houve intenção de ofender ninguém e, por isso, o pedido é excessivo, abusivo e improcedente.
Três desembargadores do Tribunal de Justiça não aceitaram os argumentos apresentados pelas defesas. De acordo com o tribunal, até os programas de natureza sensacionalista devem guardar o mínimo de respeito à dignidade da pessoa humana, pois a liberdade de imprensa, conquistada a alto preço, não pode ser motivo para violação imotivada e injustificada de princípios da Constituição Federal.
Em primeira instância, o juiz Guilherme Santini Teodoro, da 4ª Vara Cívil de São Paulo, já havia qualificado as atitudes de Ratinho de uma “postura jocosa, desrespeitosa, depreciativa e pejorativa” ao abordar em seu programa a comunidade gay.
Fonte: Conjur

Após perder madrugadas para Valdemiro Santiago, Pastor Silas Malafaia pode ter programas às tardes

Ao que tudo indica o Pastor Silas Malafaia pode dar a volta por cima após o revés que sofreu na Band. O líder da Igreja Vitória em Cristo havia perdido um de seus principais horários na TV, as madrugadas da emissora, após o Apóstolo Valdemiro Santiago oferecer mais que o dobro do valor pago atualmente para poder pegar o horário do pastor e exibir a programação da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Segundo o jornalista Lauro Jardim na coluna Radar Online da revista Veja, o Pastor Silas Malafaia pode ter o Programa Vitória em Cristo sendo exibido na faixa das 15 horas da Band, onde a audiência é bem maior do que o horário anterior durante a madrugada. A proposta será oferecida pela própria direção da Band que gostaria de manter o Pastor Silas na programação, ambas as partes possuem uma boa relação. No momento Malafaia encontra-se fora do Brasil.
A proposta ainda não está fechada. Os valores, apesar de não divulgados, estariam sendo o principal empecilho para a negociação.
Atualmente o horário das 15 horas na Band exibe programação infantil. O Pastor Silas Malafaia já possui um horário ao meio-dia na própria emissora paulista, além de exibições de seu programa nas emissoras CNT, Boas Novas e Rede TV!. Seu sonho é um dia ter um programa na TV Globo.
Procurada pelo Gospel+, a assessoria de imprensa do Pastor Silas Malafaia afirma não ter recebido proposta da Band até agora.
Fonte: Gospel+