Arquivo mensal: março 2012

"Um bom jornalista é um ser inconformado" diz o Marcelo Carvalho, apresentador do ‘Globo Esporte’ de Sergipe

Marcelo Carvalho_600 (Foto: TV Sergipe/Divulgação)

Que vê Marcelo Carvalho no ar na TV Sergipe, já sabe: está na hora do esporte. Seja no Globo Esporte, no Viva Esporte ou nas transmissões esportivas, o jornalista está presente, às vezes como apresentador, às vezes como entrevistador, às vezes como comentarista. Mas quem hoje associa facilmente o nome e a imagem de Marcelo ao esporte, talvez não saiba que, para chegar ao vídeo, ele ralou um bocado. “Eu me lembro que, às vezes, batia uma frustração, porque eu fazia, fazia e nada de ter uma oportunidade. Mas aprendi que temos que ter paciência. As coisas acontecem no momento certo, não há motivos para se desesperar”. Nesta entrevista ao site da TV Sergipe, Marcelo relembra um pouco deste passado em busca de um lugar ao sol e, com a experiência de ter conseguido chegar lá, ensina que trabalho sério e confiança transformam sonhos em realidade.
TV Sergipe – Você começou a trabalhar ainda adolescente, não foi?

Marcelo Carvalho – Comecei a trabalhar logo cedo. O lema em minha família é: se quer algo, precisa conquistá-lo. Por isso, aos 14 anos, exatamente no dia do meu aniversário, ganhei de presente do meu pai uma carteira de trabalho e o endereço de uma empresa onde ele havia conseguido uma vaga de escriturário. Imagine você quanta responsabilidade para um jovem de apenas 14 anos. Mas posso afirmar que foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. Hoje sei dar valor a cada conquista profissional.

TV Sergipe – E como a família reagiu ao você dizer que estava trocando o sonho de ser dentista pelo de ser jornalista?

Marcelo Carvalho – A família sempre me apoiou em todas as decisões. Não houve uma única reclamação. Meus pais disseram “Se é isso mesmo que você quer, pode contar com a gente”.

TV Sergipe – E quando a sua vida se encontrou com a da TV Sergipe?

Marcelo Carvalho – Foi em 1998, lembro-me como hoje. Enquanto estudante, eu conheci uma pessoa crucial para minha entrada na TV Sergipe e responsável por muitos dos conhecimentos, o jornalista Cleomar Brandi. Ele era chefe de produção na época e deve ter falado com o então diretor de jornalismo, André Barros, que tinha um quase formando, querendo uma chance. André me fez um convite para encarar a cobertura das eleições estaduais daquele ano. Claro que não pensei duas vezes e topei o desafio, que acabei dividindo com Sayonara Hygia, que também estava atrás de uma chance. E deu certo! No ano seguinte, o então diretor, Paulo Resende, me chamou para uma conversa e me perguntou se eu queria ser produtor e, mais uma vez, não fugi da raia. E no dia 1º de maio de 1999, Dia do Trabalhador, tive minha carteira de trabalho assinada com a TV Sergipe. Uma data cabalística.

TV Sergipe – E como foi a transição da produção para a apresentação?

Marcelo Carvalho – Apesar de ter começado na produção, sempre que podia fazia testes de vídeo. Eu me lembro que, às vezes, batia uma frustração, porque eu fazia, fazia e nada de ter uma oportunidade. Mas aprendi que temos que ter paciência. As coisas acontecem no momento certo, não há motivos para se desesperar. Um ano após ter começado na TV Sergipe, fiz minha estreia no Globo Esporte, que era apresentado por Rivando Gois.

TV Sergipe – Mas sua experiência não se resume a estas duas funções, né?

Marcelo Carvalho – Como eu disse anteriormente, comecei pela base, a produção. Depois passei para a reportagem, edição de texto, editor-assistente do Globo Esporte e depois editor-chefe e apresentador do Globo Esporte, até ocupar o cargo de coordenador de Esportes. Foi uma escada de muitos degraus, que pouca gente se lembra, mas que me deu o conhecimento necessário para estar onde estou hoje. Tive oportunidade ainda de apresentar o Bom Dia Sergipe, SETV 1 e SETV 2 e, claro, o Viva Esporte.

TV Sergipe – Agora vamos viajar no tempo. Quais os momentos mais marcantes desde então em sua carreira?

Marcelo Carvalho – A minha primeira reportagem exibida na TV Sergipe, com certeza é um desses momentos. Ainda um repórter “verde”, inexperiente, fui fazer uma receita de sarapatel com Joza, “O Vaqueiro do Sertão”. Estava nervoso com a responsabilidade de entrevistar um dos ícones da música sergipana. Mas o experiente repórter cinematográfico, Érito Meirelles, tentava me acalmar. Eu sei que no final tudo deu certo e a reportagem foi elogiada. Um alívio para quem começava. Ainda no meio musical pude entrevistar ídolos da MPB, como Belchior, Wando. No esporte, tive a oportunidade de trabalhar para o Globo Esporte São Paulo, ao lado de feras como Pedro Bassan e Mauro Naves. Pude conhecer Galvão Bueno, Léo Batista e sua voz marcante. Esses são alguns daqueles que me lembro agora. Mas os momentos marcantes estão presentes diariamente. Por isso, escolhi a comunicação pelo seu dinamismo. Nós nunca vamos nos deparar com as mesmas histórias e, cada uma delas, por menor que possa parecer, tem sua importância.

TV Sergipe – Que jornalista te serviu ou serve de inspiração?

Marcelo Carvalho – Cleomar Brandi. Embora um jornalista da comunicação impressa, me ensinou muito, desde a época da universidade. Ele me inspirou de várias maneiras, desde seu comportamento até suas poesias. Quem conviveu com Cleomar sabe daquilo que estou falando. Hoje ele não está mais entre nós, mas sinto que, de alguma forma, ele se mantem presente.

TV Sergipe – E o que é Jornalismo em sua concepção?

Marcelo Carvalho – Jornalismo é a ponte que liga as pessoas a outras pessoas e ao que lhes interessa. E nós jornalistas somos os zeladores dessa ponte.

TV Sergipe – Como você tem visto as mudanças pelas quais o jornalismo de televisão vem passando atualmente?

Marcelo Carvalho – Estamos no meio de uma revolução. A televisão vem sofrendo grandes modificações com a interatividade, a alta definição, os sistemas digitais e a convergência com a informática e as telecomunicações. E essas transformações tem forçado uma mudança na rotina jornalística de produção de informação. Em segundo lugar, nas formas e formatos de difusão de informação, ou seja, no produto jornalístico. E pela velocidade com que tem surgido novas tecnologias, nós, jornalistas, iremos presenciar muitas outras transformações.

TV Sergipe – Apresentadores como você, com uma carreira sólida no vídeo, são naturalmente modelos para estudantes de jornalismo. Quais, então, suas dicas para quem deseja seguir a carreira?

Marcelo Carvalho – É muito difícil dar dicas. Dizer faça isso ou aquilo. Mas eu sempre digo que um bom jornalista é um cara desconfiado de tudo e de todos. Um ser inconformado com aquilo que parece óbvio. Não podemos nos satisfazer com a primeira resposta. Claro que existe o básico: estar sempre informado, ter boas fontes.

TV Sergipe – Os estudantes também gostam de perguntar pelo dia-a-dia de vocês? Como é a rotina de Marcelo Carvalho?

Marcelo Carvalho – Acordo cedo e, assim que chego à emissora, é correria. Corro literalmente! O tempo entre a chegada e a exibição do GE é de apenas 5 horas.

A primeira coisa a ser feita é verificar as reportagens e entregá-las ao editor de imagens. Em média, são quatro reportagens exibidas em cada edição do GE. Depois de fazer a edição de texto, que consome boa parte do tempo, escrevo as cabeças que serão lidas por mim. Ainda é preciso buscar notas para complementar o jornal e orientar o produtor com relação as pautas que serão executadas pelos repórteres. Com o jornal quase fechado, corro para o camarim para fazer maquiagem e colocar a roupa para apresentação. Essa é a rotina diária para colocar o GE no ar. Mas também exerço a função de coordenador, que compreende a organização dos eventos da emissora, como Copa TV Sergipe de Futsal, Jogos Escolares TV Sergipe, Desafio TV Sergipe de Natação e Volta de Aracaju, entre outras atribuições do cargo.

TV Sergipe – Se você não fosse jornalista, seria…

Marcelo Carvalho – Dentista. Uma profissão que sempre sonhei em exercer, ao lado da comunicação.

TV Sergipe – E na hora do descanso, o quê Marcelo Carvalho faz?

Marcelo Carvalho – Sou apaixonado por cinema. Quase todo o fim de semana estou assistindo aos lançamentos. Outra paixão é a música. Gosto de descobrir bandas novas. E, claro, mesmo em descanso, não deixo de acompanhar o esporte, seja ele qual for.

Fonte: Site Oficial da TV Sergipe

No Mês de Abril No UHTV Live , ela está chegando…



A Barbie do Hip Hop, Nicki Minaj !

Mistureba no UHTV , Todo Sábado ás 22h00!

#MisturebaUHTV

Uhtv Live Com Adele, encerra com a apreentação da Bela no Grammy 2012 =)

Depois dessa apresentação maravilhosa a gata ainda saiu com 06 prêmios não mal no oscar da música , e se acha que ele mereceu? Quem disser que não está louco, a pessoa que mais vendeu, a pessoa mais falada na midia, hit atrás de hit e depois eu escuto que a Adele ainda não pode ser um Diva? Ela já é!

Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha –>Derruba Justin Bieber no Itunes Brasil!

Que Boyfriend do Juntin , os brasileiros querem saber de “Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha” da dupla João Lucas & Marcelo , que estão no topo do itunes Brasil das procuradas e compradas , a música está sendo hit devido a ligação com o Moleque piranha ou melhor, Neymar do Santos … Borá conferir.

Boyfriend do Justin Bieber Continua No TOP do Itunes EUA!

O single está no top desde seu lançamento no último dia 26/03, será que ele pega o 1° lugar da Hot 100?

Prévia: “Chaves” (30/03) SP.DF

SP
:sbt: 4.1 ( 4º LUGAR ISOLADO )
DF
:sbt: 9.0 ( 2º LUGAR ISOLADO )
Fonte: Planeta Vip

Prévia: “SBT São Paulo” (30/03) – Empatou com a Band

:sbt: 4.5 ( Recebeu com 3.6)
:band: 4.5
Fonte: Planeta Vip

Gatos Famosos UHTV: Conheça agora os 2 classificados para a semifinal!

Foram vários dias de votação e hoje você conhece quem são os dois classificados para a nossa semifinal. São eles:

Malvino Salvador – 23 votos

Artur Aguiar – 20 votos

Os demais somaram juntos 40 votos.

Rodrigo Hilbert               Rômulo Arantes

 

Márcio Garcia

Na próxima segunda, vamos começar a 2ª eliminatória do nosso concurso para eleger o “Gato Famoso UHTV”!

Não perca!

Prévia: “Chocolate com Pimenta” (30/03) SP.RJ

SP
:globo: 15.5 ( Picos de 19 )
RJ
:globo: 19,4 ( 40,9% de participação. Pico de 21,4 )
Fonte: Planeta Vip