Arquivo da categoria: Futebol Total

Palmeiras e Coritiba será exibido na Band

O jogo entre Palmeiras e Coritiba, que será o primeiro da Copa do Brasil, terá transmissão da Band. Os canais fechados SporTV e Espn Brasil também irão transmitir a competição nas quintas-feiras. A Globo não transmitirá por que quinta é dia de “A Grande Família” e ela não quer mexer na grade. A emissora, que detém os diretos do campeonato, acabou liberando a Bandeirantes para transmitir o jogo. TV FOCO

Anúncios

Ricardo Teixeira renuncia a CBF por causa de denúncias da Record

Ricardo Teixeira renunciou ao cargo de presidente da CBF nesta segunda-feira (12). O cartola também deixou a presidência do COL (Comitê Organizador Local), da Copa do Mundo de 2014.
Em seu lugar, assumirá José Maria Marin, vice-presidente da entidade e que, recentemente, ganhou notoriedade ao roubar uma medalha após a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior.
Para chegar ao ponto de pedir demissão, Ricardo Teixeira viu seu mundo desmoronar. Se antes dizia que tirou de letra a CPI do futebol, instaurada em 2000 e finalizada, sem dar em nada, em 2001, agora o peso das denúncias o abalaram.
Perdeu aliados no governo federal – a presidente Dilma Rousseff não o suporta – e, na Fifa, não tem mais em Joseph Blatter, mandatário da entidade, a figura de um aliado.
Para ficar praticamente isolado, foi fundamental a série de reportagens apresentadas pela Rede Record sobre o cartola brasileiro, em junho do ano passado. Um mês antes, Teixeira já estava em maus lençóis com o documentário da BBC de Londres, que o acusava de ter recebido propina na Suíça.
Corretora acusa Ricardo Teixeira
Teixeira reage com deboche
Foi apenas a primeira denúncia. Em Brasília, deputados começaram a se movimentar para cobrar explicações sobre a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. O enriquecimento do mandatário desde que assumiu a direção da CBF chamou a atenção.
A procuradoria do Rio de Janeiro abriu inquérito para apurar as denúncias de corrupção contra Ricardo Teixeira. A decisão do promotor-geral da República, Roberto Gurgel, aconteceu depois que o presidente do PRB (Partido Republicano Brasileiro), Marcos Pereira, apresentou formalmente as denúncias contra Teixeira. O MPF (Ministério Público Federal) de São Paulo também pediu a abertura de mais uma investigação contra o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. O procurador da República Marcelo Freire quis que a PF (Polícia Federal) apurasse se houve golpes “de autoria da quadrilha integrada por Teixeira, em desfavor do patrimônio da CBF”. R7

Goleiro Marcos se aposenta do Futebol

palmeiras campeão libertadores 1999 (Foto: Agência Estado)
Assim que o goleiro Marcos comunicou a sua aposentadoria à diretoria do Palmeiras, o gerente de futebol do clube, César Sampaio, já começou a se mexer para organizar um jogo de despedida à altura do que o “Santo” representa para a torcida alviverde.
Nesta quarta-feira, logo depois do anúncio, Sampaio expôs algumas ideias que quer colocar em prática na partida que, nas palavras do dirigente, vai celebrar toda a carreira vitoriosa de Marcos. A principal delas é reunir todos os companheiros do título da Taça Libertadores de 1999, o mais importante da história do Palmeiras e que teve participação decisiva do goleiro.
César Sampaio era volante e capitão daquele time que eliminou o rival Corinthians nas quartas-de-final e foi campeão em cima do Deportivo Cali-COL, no Palestra Itália. Como tinha ascendência sobre boa parte do elenco, o atual gerente do Verdão é considerado a pessoa ideal para desempenhar a tarefa de reunir os amigos. A partida ainda não tem data nem adversário definidos, mas deve ser realizada até a metade deste ano.
Dos titulares campeões daquele ano, Marcos foi um dos últimos a encerrar a carreira. Por isso, a diretoria palmeirense crê que a tarefa de reunir os ex-jogadores será mais tranquila.
Marcos comemora título do Palmeiras na Libertadores 1999 (Foto: Divulgação / Site Oficial) 
Marcos comemora o título do Palmeiras na
Libertadores 1999 (Foto: Divulgação / Site Oficial)
– Até o meio do ano eu considero um prazo inteligente, porque aí podemos planejar e promover algo à altura dele. O Marcos não merece só um puxadinho, merece uma festa legal para caramba, algo que chegue perto da grandeza dele – afirmou Sampaio.
A ideia agrada ao vice-presidente Roberto Frizzo e ao presidente Arnaldo Tirone, que deixaram a organização a cargo de César Sampaio. O jogo será contra algum adversário que tenha marcado a carreira de Marcos. Por isso – e também pelos dois meses de férias que terá a partir desta quinta – o ídolo pediu para que seu adeus não fosse no amistoso contra o Ajax-HOL, no próximo dia 14.
– As pessoas que estão promovendo o jogo tentaram convencê-lo, e ele disse que não queria. Entendo que podemos fazer algo melhor. Agora teríamos um curto prazo de tempo, temos de planejar um megaevento – disse César Sampaio.
Marcos ainda não se pronunciou e optou pela reclusão no primeiro momento após a aposentadoria. Sua última entrevista foi em dezembro, em um jogo beneficente na sua cidade natal, Oriente, em São Paulo. Na ocasião, disse que a decisão sobre sua aposentadoria caberia ao técnico Luiz Felipe Scolari – Felipão, porém, procurou não interferir na vontade do jogador.
Aos assessores, Marcos avisou que só falará sobre seu adeus na semana que vem. Nem o site oficial pôde contar com frases do goleiro. A expectativa é de que o ídolo máximo da torcida palmeirense fale sobre seus planos e sua escolha para o futuro – ele tem cargo garantido no clube. Cabe a Marcos decidir se quer atuar na comissão técnica, ao lado de Felipão, ou na diretoria, mais próximo a César Sampaio.

Quem Vence o Campeonato Brasileiro?

Qual o seu palpite?

Futebol total: Lado oposto do caso Mário Fernandes

Já não bastasse o desinteresse dos próprios brasileiros em assistir os jogos do que ainda chamam de ‘Seleção’ brasileira, agora, um jogador se recusa a representar o seu país em uma partida amistosa. Antes de julgar o jovem Mário Fernandes, do Grêmio, devemos analisar a sua recusa com outra visão.
Uma seleção que não possui credibilidade nas convocações feitas pelo seu técnico, Mano Menezes, não merece respeito de ninguém. Alguns jogadores como Jucilei, Renato, Fernandinho.. e tantas outras ‘letrecas’ que são convocados e depois somem da lista do ‘Mano’, acabam por si só tirando o brilho de quem é pentacampeão mundial.
É fácil julgar quando não sabe o que se passa. É fácil apedrejar um jogador que não quis representar o seu país. Mas vejo que ainda é difícil parte da imprensa reconhecer que são poucos os que se interessam em ver um jogo com um futebol tão pobre como o da seleção brasileira.
Quer uma prova? Aposto que de 11 de 10 pessoas que leram este texto, preferem uma rodada do brasileirão no meio da semana do que ter que ser castigado e acompanhar um jogo do Brasil pela TV. Foi se o tempo em que o Brasil parava não só o país, mas o mundo.
De cara, fiquei surpreso quando soube que o jogador do Grêmio, Mário Fernandes, não se apresentou a seleção brasileira. Mas quando parei e pensei, acabei vendo que ele não tem lá toda essa culpa.
Não estou defendendo o Mário, porque se a moda pega, já viu, né? Mas não me acho no direito de julga-lo. Se não se sente bem, não vai. Melhor do que tantos outros que vão apenas para atrapalhar, começando pelo técnico.
Aí agora, porque um atleta se negou a defender a seleção, ele deixou de ser ambicioso? Tornou-se pequeno por isso? Cada um com os teus sonhos e objetivos.
E para ser sincero, defender uma seleção que tem como representante ninguém menos que Ricardo Teixeira, que coloca tudo na frente do futebol, não é lá perder muita coisa..

A linha "show" do UHTV! ganha reforços a partir de HOJE!

HOJE, 25, o UHTV! traz de volta o “Música VIP”.
Agora sob comando de Leandro Sciolpi, a coluna vem para substituir o “Futebol Total” em grande estilo.
Estreamos a 2ª temporada dessa coluna no mês de julho e por problemas técnicos, tivemos que deixar a coluna fora do blog. Problemas resolvidos, a coluna está de volta, e dará continuidade à sua 2ª temporada.
Leandro Sciolpi promete muitas mudanças:
– A coluna vai adquirir o meu DNA. Vamos falar da música num ambiente mais espansivo. Não vamos tratar apenas de um gênero ou de uma só categoria. Vamos abranger tudo aquilo o que chamamos de MÚSICA!
E DOMINGO, dia 4 de setembro, Ramon Nobre chega com tudo para dar continuidade à 3ª temporada do:

O Esporte não vai parar aqui no UHTV!, agora em novo dia e horário: SEMPRE AOS DOMINGOS, 10 da noite.

Começa dia 4 de setembro, fique ligado!

É espera para ver.
“Música VIP” – toda quinta, às 9 da noite
“Futebol Total – 3ª Temporada” – todo domingo, 10 da noite.
Só aqui no UHTV!

Futebol Total: Edição nº 60 encerra sua temporada hoje falando do Ricardo Teixeira x Globo

Futebol Total: Dedérminator

Contra o Internacional, D’Alessandro estava em campo. Mas o argentino mal foi notado. Depois foi a vez do São Paulo com o tão falado Lucas. Atuação discreta em pleno Morumbi. Por último, o Santos de Neymar. O atacante mais badalado do país não conseguiu ter nem ousadia e nem alegria. Os três clubes e, consequentemente, os três astros saíram derrotados pelo Vasco neste Campeonato Brasileiro. E, vestindo a camisa 26, estava Dedé, que passou a ser chamado de “Exterminador de Atacantes”, nesta quinta-feira, na Internet por torcedores cruz-maltinos.
Mas os desafios não param por aí. Quem achava que depois de encarar o novo astro do futebol brasileiro Dedé iria ter sossego está muito enganado. No clássico contra o Botafogo, no próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão, o zagueiro irá reencontrar Loco Abreu. No único embate neste ano, o Vasco de Dedé saiu melhor: vitória por 2 a 0. Desta vez, ele terá de repetir a boa atuação evitando as jogadas aéreas, a principal arma do uruguaio.
  Os números também comprovam o bom desempenho. As faltas, por exemplo, são raras. Nestes três jogos – contra Internacional, São Paulo e Santos – em que encontrou típicos dribladores pela frente, foram apenas três. Uma média de uma por partida. Além disso, o zagueiro teve roubadas de bolas foram dez. Já as finalizações de D´Alessandro, Lucas e Neymar? Somadas foram apenas cinco.
Nenhum dos três fez gol… já Dedé balançou a rede contra o Internacional e o Santos! A boa fase rendeu ao vascaíno a primeira chance na Seleção Brasileira e o troféu Armando Nogueira da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.
– Estou trabalhando para ter uma oportunidade. Ser convocado já foi um grande passo, mas é devargazinho que vamos conquistando o treinador (Mano Menezes) – explicou.
  • o ladrão
    10 desarmes
    Dedé não deu moleza para D´Alessandro, Lucas e Neymar. Nos duelos contra os três badalados atacantes, o zagueiro roubou dez bolas.
  • jogo limpo
    3 faltas
    O jogador vascaíno é conhecido pela lealdade. Nos duelos contra os três atacantes, Dedé fez apenas três faltas. Uma por partida…
  • artilheiro
    2 gols
    Além de ter parado Lucas, Neymar e D´Alessandro, que saíram em branco contra o Vasco, Dedé fez dois gols – um no Inter e outro no Santos
Toda essa raça, aliada ao carisma e a simplicidade, fizeram com que Dedé arrebatasse os corações do vascaínos. “Mito” e “Dedékenbauer” foram dois apelidos dados pela torcida vascaína ao jogador de 23 anos. Ciente de que o assédio do futebol europeu vai ficar cada vez maior, a campanha “Não se vende Dedé” está lançada desde o início do ano. Humilde, ele agadece ao apoio e garante que sua única missão é parar todos os atacantes para ajudar o Vasco a sair com a vitória.
– Estamos trabalhando para continuar melhorando. Só tenho a agradecer todo o apoio da torcida. Eles sempre me incentivaram, mesmo antes de eu ser lembrado para a seleção – afirmou o jogador, que, só pensa em conseguir beliscar uma oportunidade de poder entrar em campo vestindo a camisa do Brasil após ter alcaçado a sonhada primeira convocação.
Notas altas e muitos gols
ARMANDO NOGUEIRA D´Alessandro Lucas Neymar
Notas de Dedé contra… 7,0 8,5 8,0
Notas dos atacantes ao enfrentar Dedé… 5,5 6,5 6,5
 As atuações nestas partidas renderam a Dedé altas notas no Troféu Armando Nogueira. E as avaliações ruins de seus adversários mostram a importância do zagueiro. D’Alessandro, por exemplo, recebeu 5,5 na derrota do Internacional para o Vasco. Dedé ganhou 7,0. Já Lucas e Neymar receberam 6,5 nas derrotas de São Paulo e Santos, respectivamente. O desempenho do camisa 26 do Vasco foi amplamente superior: 8,5 no primeiro jogo e 8,0 no segundo.
Neymar Dedé Santos x Vasco (Foto: Marcelo Sadio / Site Oficial do vasco)Neymar teve atuação apagada contra Dedé 
(Foto: Marcelo Sadio / Site Oficial do Vasco)
Mas não é só na defesa que Dedé mostra a sua importância. Nesta temporada, já foram seis gols marcados, provando que ele também é um bom elemento surpresa nas jogadas de bola parada. Coincidentemente, dois dos gols foram nas partidas contra Internacional e Santos. O bom número surpreendeu até o próprio jogador:
– Meu recorde era de dois gols por ano e até agora já marquei seis nesta temporada. Estou feliz demais com o meu momento aqui no Vasco – disse.
Dedé é só alegria, os vascaínos estão felizes… Só os que realmente não estão sorrindo são os atacantes rivais. Que venha a próxima vítima do “Dedérminator”…
Fonte: Globo Esporte

Futebol Total: Jornais estrangeiros se rendem às atuações de Neymar e Ronaldinho


Dois gols de santista em derrota no Brasileiro são exaltados em veículos do Velho Continente. Ronaldinho Gaúcho, autor de três, também é destaque

O espetacular duelo entre Santos e Flamengo nesta quarta-feira, que terminou com a emocionante vitória rubro-negra por 5 a 4 na Vila Belmiro, teve repercussão imediata na Europa. Muito mais até do que a alucinante partida, o que mereceu destaque foram os dois gols marcados por Neymar, principalmente o primeiro, uma perfeita combinação de velocidade, técnica, improviso e, segundo os periódicos espanhóis, magia. Além do “hat-trick” do camisa 10 rubro-negro, Ronaldinho Gaúcho.
O “Marca” estampa em sua manchete: “O Mago Neymar”. Além disso, diz que o garoto é “matador”. O diário madrileno frisa que o primeiro tento “será lembrado por muito tempo” e foi assinalado após “uma jogada antológica” do craque. O tablóide destaca também a atuação memorável de Ronaldinho, autor de três gols, que já defendeu o Barcelona no país e a quem carinhosamente chama de “Dinho”. O jornal também lembra o meia Elano, que perdeu um pênalti.
Já o “AS” abre a edição desta quinta com “Neymar deslumbra com dois golaços”. A matéria registra a vitória do Fla, liderado por Ronaldinho, mas ressalta o atacante do Santos, “autor de duas obras de arte”.
jornais repercusão flamengo santos (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)
O diário catalão “Mundo Deportivo” publicou uma foto de comemoração do camisa 10 do Flamengo e afirmou que “Ronaldinho venceu o duelo contra Neymar”. O periódico classificou o jogo como um “incrível 5 a 4”, e também deu atenção à defesa do goleiro Felipe na penalidade de cavadinha de Elano, e à comemoração inusitada do arqueiro rubro-negro, que saiu batendo embaixadinhas. Também de Barcelona, o “Sport” postou os gols do jogo em vídeo e afirmou “Ronaldinho e Neymar se desafiam com golaços”.

Em Portugal, o periódico “A Bola” disse que “Flamengo venceu (5 a 4) o Santos em um jogo eletrizante”, com uma foto do Gaúcho com os braços levantados. Apesar de ter tido pouco tempo para mostrar seu futebol, o atacante santista Alan Kardec, também ganhou destaque, já que defendeu o Benfica na última temporada. O “Record” apelidou a partida de “Jogo de loucos na Vila Belmiro”. Na Argentina, o “Olé” chamou o duelo de “Show de futebol”.

Na Itália, o “Gazzetta dello Sport” destacou o “hat-trick” de Ronaldinho contra o Santos. Na Inglaterra e na Rússia, os jornais não citaram o eletrizante duelo pelo Campeonato Brasileiro. Mas o site oficial da Fifa também falou sobre o confronto, com o título “Melhor do que a expectativa”, dando atenção às atuações de Gaúcho, Neymar, o pênalti perdido de Elano, e os gols de Borges, Deivid e Thiago Neves.


Santos quer homenagear Neymar com placa pelo golaço contra o Fla

O Santos pretende conceder a Neymar uma placa pelo golaço que o craque marcou na derrota por 5 a 4 para o Flamengo, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 12 ª rodada do Brasileirão. Foi o terceiro gol santista (e o primeiro do astro no jogo, que fez dois) – assista ao lance no vídeo ao lado.
O presidente do Peixe, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, vai levar a ideia à diretoria. Se for aprovada, o clube fará uma solenidade para homenagear o camisa 11. Para Luis Alvaro, foi um lance mágico. O dirigente comparou Neymar a um ilusionista. Por isso, acredita que uma placa é merecida.
– Foi como um mágico de Las Vegas que faz o elefante subir. Só vi algo parecido com Pelé – comentou, empolgado, o mandatário santista.
Neymar ainda marcou um outro gol na partida, o quarto do Peixe, também numa bela jogada, mas reconhece que o primeiro foi mesmo um gol histórico. Ele até brincou quando lhe perguntaram se seria um gol típico de videogame, já que o jogador adota jogar futebol virtual.
– Olha, foi bem mais difícil que no videogame, pois no campo eu sinto as pancadas.

No duelo da genialidade, R10 vence Neymar por um ‘detalhe’: o gol a mais

Antes de entrar para a lista dos jogos inesquecíveis do Brasileirão – com direito a verbete na Futpédia – o confronto de quarta-feira já se desenhava memorável. Neymar e Ronaldinho duelariam pela primeira vez. O santista voltava de uma Copa América frustrada. Precisava mostrar serviço, assim como o rubro-negro, criticado por ter forçado cartão amarelo contra o Palmeiras. Os dois cumpriram à risca o papel de estrela. O experiente viveu momentos que lembraram os tempos de menino. O craque da Vila provou que já é peixe grande. Os números mostram o equilíbrio do encontro, que no fim teve leve vantagem para o camisa 10 da Gávea:  fez um gol a mais e decidiu o jogo histórico.
Houve “empate técnico” em quase todos os quesitos. Neymar finalizou seis vezes, contra cinco de Ronaldinho. O santista acertou 28 passes, um a mais que o rubro-negro. Neymar errou quatro passes. Ronaldinho, seis. O dentuço recebeu mais faltas (4 a 3) e desta vez passou em branco nos cartões – Neymar foi punido por falta em Willians.
Veja os números do duelo:

info comparativo neymar ronaldinho gaúcho (Foto: ArteEsporte)

O que os números não mostram é a alternância de bons momentos. Neymar começou melhor. Muito melhor. Caído, foi mais rápido que Welinton e participou do segundo gol de Borges. Em seguida, com dez toques na bola, driblou até a sombra e só parou para comemorar o golaço.
Do outro lado, até então, Ronaldinho tinha dois chutes, ambos defendidos por Rafael (veja o vídeo com lances do rubro-megro). O camisa 10 não teve uma arrancada como a de Neymar, mas começou a virar o cenário depois do 3 a 0. Estava na pequena área para conferir a falha de Rafael no primeiro gol. Mais tarde, cobrou o escanteio para Deivid empatar o jogo e o duelo particular das estrelas: 1 a 1 em gols e assistências.
No segundo tempo, Neymar seguiu infernizando a defesa rubro-negra. David Braz e Leonardo Moura sofreram. O santista fez mais um gol e teve ainda outras duas chances. Só diminuiu o ritmo quando Willians encaixou a marcação. No fim, deu sinais de cansaço. Com menos movimentação, Ronaldinho teve fôlego para desequilibrar no fim. Depois de dribles curtos, sofreu falta na entrada da área e cobrou com técnica e inteligência. Na subjetividade da bola, um toque por baixo da barreira valeu para os rubro-negros como os dribles de Neymar: 1 a 1 em golaços.
No fim, Ronaldinho consegiu acompanhar contra-ataque puxado por Deivid e Thiago Neves. Chegou inteiro na bola e marcou o terceiro, recebendo elogios do rival na saída de campo.
– Demos muito espaço para o Ronaldinho. É gênio, um craque. Jogou muito e resolveu o jogo para o Flamengo – resumiu Neymar.
– Os números estão mostrando isso. Desde que cheguei, sofremos apenas uma derrota. Estou brigando pela artilharia, e a equipe está entre as quatro primeiras. O importante é que eu estou bem com a torcida, e a torcida está bem comigo – comentou R10, autor de oito gols no Brasileiro.

Semana que vem voltamos com mais notícias do mundo do esporte!

Futebol Total: Quem para o Corinthians?


Líder isolado do Brasileirão com sete pontos de diferença para o vice-líder São Paulo e com um dos melhores elencos do país: Corinthians. O time do Parque São Jorge mostrou que a eliminação para o Tolima ficou para trás, é passado. Sem os ‘astros’, Roberto Carlos e Ronaldo, o time do técnico Tite faz uma campanha invejável no campeonato.

O Timão mostra que não dispõe de sorte, e sim de elenco. A prova disso é que dois dos seus principais jogadores estão de fora da próxima rodada do Brasileirão: O goleiro Júlio César e o atacante Liédson. Quem entra pode e deve dar conta do recado na próxima rodada, contra o Cruzeiro, às 16h, no domingo, no Estádio Pacaembu. Emerson Sheik e o goleiro reserva de luxo, Renan, são os substitutos.


A derrota virá, é inevitável, ainda mais quando se fala do maior campeonato do mundo, onde o último colocado pode vencer o primeiro. Porém, futebol é competência, e se o Corinthians manter a mesma competência dos dez primeiros jogos, onde venceu nove partidas e empatou apenas uma, o que gerou um aproveitamento de 93,3%, será difícil parar o Timão.

O técnico Tite, no qual a torcida pediu a cabeça após a eliminação catastrófica na Libertadores, sabe que a derrota virá a qualquer momento, porém ele também tem consciência que em um campeonato de pontos corridos, quem abre uma boa vantagem no começo, dispõe de enorme tranquilidade para trabalhar na reta final da competição.

Nenhum time mostrou a regularidade do Corinthians, nem chegou perto, e é melhor começar a correr atrás, antes que o campeonato fique sem graça.