Arquivo da categoria: Plantão

Plantão: "Curva da morte" mata dois repórter nessa madrugada

Acidente  entre  carros da imprensa e caminhão causa duas mortes, diz PM


Caminhão desgovernado atingiu 3 carros da imprensa e 3 viaturas.

Acidente ocorreu na chamada ‘curva da morte’, na RS-122, em FarroupilhaCaminhão carregava carga de laranjas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Carro da Rádio Gaúcha e viaturas da Polícia Civil sobre parte da carga derrubada (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um acidente envolvendo sete veículos causou a morte de duas pessoas por volta das 6h desta sexta-feira (27) no km 47 da RS-122 em Farroupilha, na Serra do Rio Grande do Sul. Segundo o Comando Rodoviário da Polícia Militar, um caminhão desgovernado atingiu três carros de veículos da imprensa e outras três viaturas da Polícia Civil em um local conhecido no estado como “curva da morte” na rodovia. As vítimas fatais são dois funcionários da Rede Bandeirantes: o repórter Enildo Paulo Pereira, conhecido como Paulão, que comandava o programa Polícia em Ação, e o cinegrafista Ezequiel Barbosa.
Os funcionários seguiam um comboio da Polícia Civil para cobrir uma operação do Departamento de Investigação do Crime Organizado (Deic) do Rio Grande do Sulquando o caminhão, que transportava uma carga de laranjas, colidiu com eles. O carro da Bandeirantes foi esmagado. Um veículo do SBT que também estava próximo ao caminhão conseguiu escapar, parando a dois metros.
O condutor do caminhão sofreu ferimentos leves. De acordo com a Polícia Militar, ele foi submetido ao teste do bafômetro, e não foi constatado consumo de bebida alcoólica.
Pelo menos sete pessoas ficaram feridas. Dois motoristas do Grupo RBS, Anderson Samuel Belmonte Alves e Lúcio Pereira de Moraes, estão internados no Hospital de Bom Princípio, em situação estável. O repórter da Rádio Gaúcha Cid Martins apresenta o mesmo quadro, mas no Hospital São Carlos, em Farroupilha. O fotógrafo Marcelo Oliveira, do jornal Diário Gaúcho, estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas seria transferido para o Hospital Mãe de Deus, para realizar uma tomografia.
(Fonte G1)
Acidente em Farroupilha mata repórter e cinegrafista da Bandeirantes (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Agência RBS)
Acidente com caminhão, carros de imprensa e polícia causou duas mortes na ERS-122 (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Agência RBS)
O acidente ocorreu nesta madrugada, por volta das 6 da manhã, no momento em que eu postava esta notícia, o trânsito seguia parado e os corpos dos funcionários da TV BAND continuavam no local, veja o detalhe na imagem acima da lona preta sobre o veiculo.
Djeison
Anúncios

Chacina no Rio: Imagens de guerra chocam a nação!


Enquanto uns riem, muitos outros estão a chorar. Povo, busquem a DEUS… Lute por sua salvação! Jesus está de mãos estendidas para recebê-los.

NOSSOS SENTIMENTOS!!!

UHTV! Informação de Qualidade pra você!

Atirador entra em escola, mata alunos e se suicida!

Um homem de 23 anos entrou em uma escola municipal na Zona Oeste do Rio na manhã desta quinta-feira (7), atirou contra alunos em salas de aula lotadas, foi atingido por um policial e se suicidou. O crime foi por volta das 8h30.
Segundo o diretor do hospital para onde as vítimas foram levadas, 11 crianças morreram (10 meninas e 1 menino) e 13 ficaram feridas (10 meninas e 3 meninos). As crianças têm idades entre 12 e 14 anos.
Segundo autoridades, o nome do atirador é Wellington Menezes de Oliveira e ele é ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira, no bairro de Realengo, onde foi o ataque. Seu corpo foi retirado por volta das 12h20, segundo os bombeiros.
A polícia diz que ele portava dois revólveres calibre 38 e equipamento para recarregar rapidamente a arma. Esse tipo de revólver tem capacidade para 6 balas.
O barulho dos tiros atraiu muitas pessoas para perto da escola.
Um policial que fazia uma blitz perto da escola foi chamado por alunos que conseguiram fugir do local.
O policial diz que subiu ao segundo andar e encontrou Wellington no corredor e atirou em sua perna. Em seguida, ele diz que Wellington se matou.

PLANTÃO UHTV!: Sobe para 520 número de mortos devido às chuvas na região serrana do Rio

Além dos mortos em Friburgo, há registro ainda de vítima em Teresópolis (228), Petrópolis (41), Sumidouro (17) e São José do Vale do Rio Preto (4). Há ainda aos menos 7.780 pessoas desalojadas –foram para casa de amigos e familiares– e outras 6.050 desabrigados, ou seja dependem de abrigos públicos.
Após as chuvas, agora, os moradores estão enfrentando saques em algumas das regiões afetadas pelos temporais. No centro de Teresópolis, várias lojas fecharam as portas na manhã de hoje. Um grupo de cinco jovens tentou furtar aparelhos celulares de uma loja da Claro, segundo a Polícia Militar.
Testemunhas afirmam que os suspeitos estavam armados e que gritavam pelas ruas que se tratava de um arrastão.
Em outras áreas há ainda boatos de novos deslizamentos e até de rompimentos de represas que assustam os moradores. Em Conselheiro Paulino, segundo distrito mais importante de Nova Friburgo, a reportagem presenciou a saída de centenas de pessoas do local a pé, correndo e com carros na contramão.
O pânico foi causado por boatos de que uma represa teria estourado e que a região seria inundada. O vendedor Robson Coelho, 22, seguia correndo para casa. “A princípio dizem que estourou uma represa, mas ninguém sabe o que aconteceu”, disse.
TRAGÉDIA
De acordo com a professora Luci Hidalgo Nunes, doutora do Departamento de Geografia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), os dados sobre o episódio são estimados por conta das dificuldades, à época, para localizar os corpos.
Mesmo assim, segundo a professora, é possível afirmar que o desastre na região serrana do Rio é a maior do Brasil.
As mortes também superam as das enchentes de 1966 e 1967 no mesmo Estado. O Rio sofre com os efeitos das tempestades desde 1700, de acordo com registros de jornais na época. Nunes cita relatos de 1711 sobre inundações e de 1756 de fortes chuvas e ventos com vítimas.
Como a reportagem mostrou hoje, mais de 30 projetos com medidas para minimizar os efeitos das enchentes estão parados no Congresso. As propostas vão de benefícios fiscais para quem doa recursos às vítimas das chuvas até informações solicitadas ao governo federal em tragédias passadas que nunca chegaram ao Legislativo.

BOMBA: Dor faz Roberto Carlos cancelar show

MÔNICA BERGAMO
colunista da Folha de S.Paulo


;

O cantor Roberto Carlos decidiu cancelar hoje o show do fim de ano do especial da TV Globo. A apresentação seria hoje no ginásio do Ibirapuera. Segundo a assessoria do cantor, uma dor na coluna fez com que ele decidisse adiar a apresentação.

A Globo tinha programado exibir o “Especial Roberto Carlos” no dia 25 de dezembro, após a novela “Viver a Vida”. A direção de núcleo do especial é de Roberto Talma.

O show teria participações especiais dos cantores Daniel e Ana Carolina.

Além disso, Roberto Carlos tinha incluído na lista de músicas da apresentação o hit “Você Não Vale Nada”, que ele cantaria com a banda de forró Calcinha Preta e com a atriz Dira Paes, que fez a personagem-tema da música em “Caminho das Índias”.