Arquivo da categoria: Ponto D

Ponto D:Encerramento da 1° Temporada no UHTV!

Eu quero encerrar essa 1° temporada agradecendo o enorme sucesso e reconhecimento desta coluna e do UHTV esse ano , crescemos muito, 200%, mais não conseguimos isso sozinho, graças a cada um de vocêis que acesssam o nosso portal, cada coisa por mais simples que pareça que fazendo ou lançamos é feita com amor , essa sucesso é de um familia que vai além da Blog,portal ou que seja, encerramos essa 1° temporada com ar de dever cumprido, e agradecendo cada um de nossos leitores, obrigado também ao meus amigos de trabalho que fazem parte da minha vida e familia.

UHTV- FAMÍLIA UHTV ,VOCÊ FAZ PARTE!
Anúncios

Ponto D: Mais Uma Vez o MST se destaca em nossa Coluna!

MST volta a invadir fazendas em SP

O MST da Base, principal dissidência do Movimento dos Sem-Terra (MST) em São Paulo, decidiu retomar as ocupações de fazendas para acelerar a reforma agrária no Estado. Cinco propriedades rurais foram invadidas na região da Alta Paulista, oeste do Estado, entre a última quinta-feira e domingo. Essas foram as primeiras invasões protagonizadas pelo grupo depois da prisão do principal líder do movimento, José Rainha Júnior, há cinco meses, acusado de desvio de recursos públicos.

As novas lideranças que assumiram o controle dos acampamentos prometem acirrar a luta pela terra. O porta-voz do grupo, Paulo de Souza, reclama que o ano chega ao fim sem que a reforma agrária tenha avançado na região. “Temos quase três mil famílias sob a lona há vários anos e os assentamentos não saem do papel”. O MST da Base informou ter mobilizado cerca de 600 militantes para ocupar as fazendas Dona Elizabete, em Rinópolis; Santo Antônio, em Iacri; Altamira, em Tupã; e Liberdade e Granja Experimental, em Parapuã. Todas as áreas já foram desocupadas, após a concessão de liminares pela Justiça.

De acordo com Souza, novas ações estavam previstas para esta semana, mas foram suspensas porque a superintendência paulista do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) vai receber representantes do grupo. O encontro está agendado para o dia 29. Segundo o porta-voz, oito áreas tiveram o processo de desapropriação encerrado na região, mas não houve a emissão de posse para início do assentamento. “Em alguns casos, como a Fazenda Esperança, em Iepê, o dinheiro da indenização já foi depositado.” Ele diz ainda que os sem-terra estão se organizando para retomar a mobilização em todo o oeste paulista. “Os acampados não aguentam esperar mais. Em Rancharia, temos famílias sob a lona desde 1998”.

Além de reivindicar áreas para assentamentos, a mobilização quer chamar a atenção para a situação das lideranças que estão presas. Rainha Júnior foi preso em junho deste ano durante a Operação Desfalque, da Polícia Federal, que apontou um esquema de apropriação indébita de dinheiro público, extorsão, estelionato e formação de quadrilha entre integrantes de movimentos sociais, cooperativas e associações de assentados, e ainda servidores do Incra. A ação levou à queda do ex-superintendente paulista Raimundo Pires da Silva, substituído por José Giácomo Baccarin.

Além de Rainha, continua preso o líder do MST da Base na região de Araçatuba, Claudemir Silva Novaes. Ontem, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou um novo pedido de habeas corpus dos dois presos. O Incra paulista informou, por meio da assessoria de imprensa, que está empenhado na liberação de recursos para suas ações e programas no Estado. O órgão tem priorizado a qualificação dos assentamentos já existentes – investimentos em infraestrutura e liberação de créditos -, com o objetivo de fomentar as atividades produtivas das famílias assentadas.

Em outubro foram realizados contratos emergenciais que retomaram os serviços de assistência técnica que estavam suspensos por decisão judicial nos assentamentos estaduais e federais do Estado. O órgão informou que mantém uma postura de diálogo com todos os movimentos sociais e continuará os esforços para obter novas áreas para o assentamento de famílias no Estado.

METRONEWS

Ponto D: Veja o Balanço final de apreensões na Rocinha e Vidigal que teve 15 fuzis e 15 mil munições recolhidos.

De acordo com a pasta, até as 18h(Do Domingo), foram apreendidas 20 pistolas, 15 fuzis, três granadas, uma submetralhadora, duas espingardas, 20 rojões, cerca de 15 mil munições de diversos calibres (fuzis 762 e 556, pistolas 9 mm e 40, e metralhadora ponto 40), sete lunetas, 61 bombas artesanais, 102 carregadores para fuzil e outros 56 de calibres diversos.

Em relação às drogas, foram recolhidas 112 kg de maconha e outros 80 tabletes e 145 trouxinhas do mesmo entorpecente, 60 kg de pasta base de cocaína e outros 14 tabletes da mesma droga. Quatro suspeitos foram detidos.

Como a totalização do material recolhido só foi concluída no fim da tarde, o número de apreensões foi diferente do que o divulgado durante o dia.

Os policiais recolheram também 75 motos e um Toyota Hilux, 17 máquinas caça-níqueis, uma pistola desmontada, uma réplica da mesma arma, um notebook, um Ipod, uma câmera digital, dois rádiotransmissores, uma barraca de camping, uma capa de colete, uma farda do Exército, uma camisa da Polícia Civil, duas centrais clandestinas de TV a cabo, além de material hospitalar que servia para tratar de bandidos baleados.

IG
” Uma mega operação que mostrou a força da policia brasileira, porém, os resultados mostram que os bandidos estão com um grande acesso a grandes armas e isso é um grande problema”
Diego Fernandes

Ponto D Em Dezembro Sai… Em Se Lugar Entra Mais Um Especial de Fim de ANO, Descubra Qual…

A última edição da 1° Temporada de sucesso da coluna Ponto D será exibida no dia 30/11, já adiantando a coluna está confirmada para o 2° semestre de 2012 , sem data certa, mais confirmada. E no mês Dezembro o HUMOR toma conta da suas Quarta , iremos encerrar o ano com o HUMOR de 1° , dia 07/12 estreia mais um especial que será…

Ponto D Está de Volta: Sem-teto promovem maior ocupação da história de SP

Onze prédios abandonados, dez no centro e um no Belém, zona leste, foram ocupados na madrugada do dia (7) por 3,5 mil integrantes de 13 movimentos de sem-teto. Foi a maior invasão em número de edifícios da história de São Paulo, segundo as lideranças.
Os manifestantes reivindicam da Prefeitura e do Estado cinco mil unidades no programa de locação social, reforma de 53 prédios e construção de apartamentos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).
A Prefeitura informou que tomará as “medidas judiciais cabíveis” para acabar com as ocupações.
Segundo a Secretaria de Habitação, 600 mil pessoas são beneficiadas pelos projetos de urbanização de favelas.

” Olha eu tenho uma visão bem critica sobre esses milhares de projetos e benefícios que o Estado dá pro POVÃO, canso de vê pais de família que acordam 6 da manhã pra receber a MISÉRIA do salário Mínimo para pagar um ALUGUEL , em muitos casos, deixa de comer pra pagar, e esse povo desocupadooo ( Sem Teto, mais desocupado) quer viver em cima dos benefícios do estado , ACORDA povão Vão trabalhar , vão fazer o que milhares de pais de família fazem , lutar não faz mal a ninguém”

Diego Fernades

Ponto D!

Depois de se conectar com “A Liga” a coluna “Ponto D” volta ao seu normal a partir do dia 09/11 ás 21h00 não percam…

Ponto D e A Liga: Sexualidade entre Casais!

A Liga se Desconecta Do Ponto D , mais em breve ela está de volta… Semana que vem tem o festival Glastonbury Com a Diva Beyoncé ás 21h00,não esqueça de comentar, não custa nada e ajuda a fortalecer meu trabalho.

Ponto D se liga na LIGA!

Você não leu errado , e muito menos é mentira a coluna que fala a verdade se une A LIGA um dos programas mais verdadeiros da TV Brasileira , todas ás Quartas de Outubro ás 21h00 aqui no UHTV.

Ponto D e A Liga: Indústria do Sexo!

Ponto D e A Liga: Deficientes!